Pl. Men. 1.4

T. Maccius Plautus, Menaechmi

Pl. Men. 1.4

Entra Cylindrus, na casa.
[ Erotium ]
Pegue uma cesta de mão e um pouco de dinheiro. Veja, você tem três didrachmns aqui.
(Dando-lhe dinheiro.)
[ Cylindrus ]
Eu tenho assim.
[ Erotium ]
Vá e traga algumas provisões, veja que haja o suficiente para três; Não seja nem em falta nem em excesso.
[ Cylindrus ]
Que tipo de pessoas são essas?
[ Erotium ]
Eu mesmo, Menaechmus eo seu Parasita.
[ Cylindrus ]
Então estes fazem dez, pois o Parasita realiza facilmente o dever de oito pessoas.
[ Erotium ]
Eu já lhe disse os convidados; Você cuida do resto.
[ Cylindrus ]
Muito bem. Já está preparado; Lance-os e peguem seus lugares.
[ Erotium ]
Faça com antecedência.
[ Cylindrus ]
Eu estarei aqui diretamente.
(Sai Cylindrus e Erotium entra em sua casa.)

1 Athenaeus, Livro I, cita uma passagem de Euboulos, o escritor cômico, onde ele representa um Parasita como sendo contado por dois ou mesmo três a mesa.

Postagens mais visitadas deste blog

Pl. Men. 1.2

Menaechmi

O Argumento Acróstico